TIRO, PORRADA OU BOMBA: Bancada Independente e oposição aprovam nova Reforma da Previdência em Sapé

 

 

Vereadores que fazem oposição ao atual prefeito e a Bancada Independente na Câmara Municipal de Sapé, comemoram na manhã desta terça-feira (3), ao lado dos servidores municipais a aprovação o Projeto de Lei Complementar Nº 001/2021, que altera a disciplina do regime próprio de Previdência Social do Município de Sapé, prevendo regras de transição e disposições transitórias 



De acordo com o líder da bancada independente, o vereador Rubinho Lucena garantiu que o poder legislativo tem o papel fundamental de assegurar o direito dos servidores públicos municipais, aposentados e pensionistas que são vinculados ao PREV-SAPÉ. “Jamais iríamos votar algo que prejudique a categoria ou a população de Sapé. Trabalhamos no projeto de maneira transparente, dialogando com os sindicatos das categorias e hoje aprovamos a emenda que irá trazer importantes benefícios ao servidores” frisou Rubinho.

Os vereadores do blocão independente, Abrãao Junior, Arquimedes, Nego Simplicio, Bainha, Adriano Inhauá e Rubinho Lucena; e a oposição Terezinha do Peixe e Maira cunha votaram a favor do povo de Sapé.

,

Conheça os vereadores que votaram contra o povo sapeense:

Davyd Matias, Dudu do Trigo, Ricardo Motos, Alexandre Kennedy, Pedro Ramos, Graça e Tota Leôncio todos fazem parte do grupo do atual prefeito de Sapé.


POLÊMICA

Em uma cena nunca vista na Casa de Augusto dos Anjos, a sessão foi bastante tumultuada e uma bomba caseira explodiu, dentro da Câmara Municipal de Sapé. Após a explosão da bomba, algumas pessoas que estavam na galeria da Câmara chegaram a passar mal por conta do susto. No local há circuito de câmeras que podem ter flagrado o responsável por soltar a bomba. A sessão foi suspensa por alguns minutos. A Polícia Militar foi até o local e uma pessoa suspeita foi levada para a delegacia.



Da Redação com  acessopolitico




Sem comentários: