Presidente da Câmara de Santa Rita manda vereador enfiar a língua “naquele canto”

 Uma discussão na Câmara Municipal de Santa Rita viralizou nos grupos de WhatsApp nesta quinta-feira, 17, quando o presidente da Casa, Cícero Medeiros (Progressistas) cortou a fala do vereador Kinho de Lerolândia (Avante). O motivo do desentendimento teria sido a compra, pela Câmara, de um bebedouro para a Casa de Antônio Teixeira.

“O vereador Kinho tem a língua muito grande. Procure fazer as coisas no seu bairro, Kinho”.

Sob os protestos do interlocutor, Cícero não se fez de rogado e sentenciou: “Eu não lhe dei a palavra!”, cortando o microfone do parlamentar municipal. “Você está com três meses de projetos atrasados e vem aqui meter sua língua? Faz cinco meses que eu sou presidente, os salários estão em dia, vou pagar a primeira parcela do décimo terceiro essa semana, tem dois bebedouros de água comprados para chegar hoje e um frigobar para o meu gabinete. E você sabe porque estava bebendo água num caneco. Bebia e não reclamava. Então, enfie sua língua naquele canto, vereador”, comentou o presidente.

O vereador Marinaldo, mais calmo, advertiu: “Olha o decoro”.

 

parlamentopb

Sem comentários: