Homem mata a mãe, a enterra no quintal de casa e confessa o crime

 

Mulher de 57 anos estava desaparecida há dois meses. Bombeiros foram acionados para resgatar o corpo da vítima

Crime ocorreu na cidade de Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais (Foto: Ramon Bittencourt)
O corpo de uma mulher de 57 anos foi encontrado enterrado no quintal da própria casa dela nesta quinta-feira (20), no bairro Jequitibá, em Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com investigadores da Polícia Civil, o filho dela, de 23 anos, teria confessado que matou a mãe e há indícios de que a vítima tenha sido enterrada ainda viva. A mulher estava desaparecida há cerca de dois meses. 

A Polícia Militar foi acionada, mas como a Polícia Civil já investigava o desaparecimento da mulher, a ocorrência foi conduzida pela instituição. Militares do Corpo de Bombeiros também se dirigiram para o local para fazer o resgate do corpo. A corporação informou que foi acionada por volta de 16h e o corpo foi localizado às 17h30, atrás de uma barracão situado no lote.


Um dos filhos da vítima e irmão do suspeito, Alessandro dos Passos de Morais, conta que o irmão e mãe tinham alguns conflitos. Ele acredita que o crime pode ter sido motivado por dinheiro. “Já tinha dois meses que ela estava desaparecida. Ele ficava perturbado, em busca de dinheiro. Não sei o que aconteceu, mas pode ter sido por motivo de dinheiro”, conta. 


Alessandro explica que apenas os dois moravam na casa. O irmão teria confessado o crime durante uma consulta com o psicólogo. “Nós ficamos sabendo do crime hoje. O psicólogo conversou com ele e ele se entregou. Ele disse que matou e enterrou ela. Não estou nem conseguindo falar direito, por isso é muito inesperado”, lamenta. 


Em nota, a Polícia Civil afirmou que perícia técnica e a equipe de investigadores estiveram no local para fazer os primeiros levantamentos. “O filho da vítima foi conduzido à Delegacia para prestar declaração. A prisão em flagrante do suspeito será ratificada e ele será encaminhado ao sistema prisional”, diz a nota.




De O Tempo

Sem comentários: