“É tudo muito preliminar”, diz delegada sobre morte de criança que caiu de prédio

 

Criança morre após cair de prédio em João Pessoa — Foto: Zuila David/TV Cabo Branco

A delegada Flávia Assad disse, neste sábado (22), que aguarda os resultados da perícia e também de imagens de câmera de segurança para avançar na investigação da morte da menina de nove anos que morreu após cair do 22º de um prédio em João Pessoa. O caso aconteceu durante a madrugada deste sábado, no bairro dos Estados.

“Está na fase de coleta de dados, de tudo o que pode ser obtido do local, incluindo a possibilidade de imagens. Foi feita a coleta de dados para a perícia, mas ainda é tudo muito preliminar. O desdobramento depende da investigação e dos exames periciais do local de morte e do exame cadavérico.

Após o sepultamento da menina, a família vai ser ouvida pela polícia. “Tinham pessoas da família dentro do apartamento, mas não sabemos informar se alguém presenciou o momento em que ela caiu, pois ainda não foram ouvidas as pessoas. “, disse a delegada.

Tela de proteção cortada

menina de nove anos morreu após cair do 22º andar de um prédio em João Pessoa, por volta das 00h30 deste sábado (22).

Segundo informações do perito Ademar Roberto, à TV Cabo Branco, os pais relataram que a menina conversava em um aplicativo de mensagens quando a mãe teria retirado o celular dela. A criança foi para o quarto e, após alguns minutos de silêncio, o pai foi verificar, encontrando o ambiente vazio e a tela de proteção cortada.

Sem comentários: