Josa denuncia desemprego e abandono dos moradores de rua em Guarabira

 

O vereador Josa da Padaria, do Cidadania, denunciou ontem o número de pedintes e moradores de rua em Guarabira. Durante pronunciamento na Câmara ele assinalou que a crise provocada pela pandemia aumenta o abandono das pessoas mais pobres. Ele recordou também os mais de 300 empregos perdidos com o fechamento da Alpargatas em Guarabira.

Siga-nos no Instagram @FontePB

‘Cresce a olhos vistos o número de pedintes nas ruas, nas agências bancárias, nas praças e famílias inteiras que estão morando nas ruas’, afirmou o parlamentar. Segundo o parlamentar essas pessoas não estão recebendo nenhum tipo de assistência do governo municipal.

Josa da Padaria disse que, conforme dados da Diocese de Guarabira são pelo menos 25 moradores de rua. ‘Eles estão dormindo nas praças, no terraço da prefeitura e na marquise da Câmara Municipal. Eles não são invisíveis’, complementou.

“Não podemos ficar indiferentes. Essas pessoas só não estão passando mais fome porque as paróquias de Guarabira oferecem uma sopa todos os dias e o almoço dominical. Mas a Prefeitura tem que fazer algo. Tem que disponibilizar um espaço onde elas possam dormir, tomar banho, ter o mínimo de dignidade’, complementou.

O parlamentar elogiou a ação da Diocese apoiando os mais necessitados e ainda ficou solidário com as famílias das mais de 100 vítimas da Covid falecidas em Guarabira. Vidas interrompidas de modo antecipado, disse, lembrando o que afirma sempre o Pe. José André, Vigário Geral da Diocese de Guarabira.



Assessoria de Comunicação

Sem comentários: