Feliciano critica “gestão big brother” do Major Sidnei e afirma que Roberto deixou R$ 4 milhões em Sapé

 


 O jovem Flavinho Feliciano, filho de Roberto, ex-prefeito de Sapé, fez duras críticas aos primeiros 100 dias de governo do Major Sidnei, a quem rotulou de “prefeito big brother” por gostar de fazer muita mídia e pouco trabalho.

As declarações de Flavinho foram dadas durante entrevista ao Programa Liberdade de Expressão na Rádio Araçá FM da vizinha cidade de Mari, apresentado pelos radialistas Marcos Sales e Jailton Alves na manhã desta segunda-feira, 19/04.

O Presidente do PP de Sapé respondeu a questionamentos de uma série de ouvintes que participaram através dos telefones e rebateu que a gestão de seu pai deixou médicos do Hospital Sá Andrade sem receber pagamento.

Flavinho disse que a gestão de Roberto Feliciano entregou para a gestão do Major o valor de R$ 4. 269.567, 50 depois de pagar todos os funcionários, dezembro e décimo terceiro e todos os fornecedores. “Eles queriam que o prefeito Roberto além de deixar os fornecedores pagos, além de deixar os funcionários pagos, dinheiro em caixa, eles queriam que o prefeito ainda antecipassem as contas era?”, ironizou.

Apesar das críticas a gestão do Major, o filho de Roberto Feliciano elogiou o trabalho dos vereadores e enfatizou o trabalho do presidente da Câmara Municipal, o vereador Abraão. 


Redação com Portal25horas

Sem comentários: