Jovem de 18 anos diz à polícia que era estuprada pelo irmão desde os 5 anos em Campina Grande/PB


 

A denúncia de violência sexual de uma irmã contra o própria irmão, hoje com 18, veio à tona esta semana após à garota completar 18 anos e resolveu denunciar o crime nanas redes sociais. Raissa Alves Fernandes, denunciou que os estupros eram constantes. Segundo as informações, a vítima era violentada desde os 5 anos de idade.


No último sábado (13), Raissa Alves Fernandes prestou depoimento na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Campina Grande, que abriu procedimento para apurar o caso.

O inquérito deverá ser remetido à Justiça em dez dias e o suspeito identificado como Jeferson Alves Fernandes deverá ser indiciado por ameaça e estupro de vulnerável, em continuidade delitiva, uma vez que a adolescente estaria sendo abusada pelo irmão há mais de dez anos. Manter qualquer relação sexual com menor de 14 anos é considerado estupro de vulnerável, conforme o artigo 217, da Lei de Crimes Sexuais, com pena de oito a 15 anos de reclusão.


Os abusos sofridos pela jovem eram contados aos seus pais. No entanto, como o seu irmão era o mais velho, a vítima relatou que seus pais não acreditavam nela. A Polícia Civil irá intimar outras pessoas para serem ouvidas, como os irmãos da jovem e familiares, além de solicitar exames para comprovar se houve conjunção carnal, com recolhimento de material genético da vítima e do suspeito.


A vítima afirmou à uma amiga que “não suportava mais e que precisava de ajuda urgente, pois não tinha mais com quem contar”, inclusive que teria tentado falar com familiares, mas, como não tinha provas, ficou sem apoio, abrindo brecha para que o crime continuasse a ocorrer. Como os pais continuavam sem acreditar na sua versão, ela não conseguia pedir ajuda e conversar com eles sobre o que sofria.




Blog do Fabiano Moura.

Sem comentários: