Covid-19 mata proprietário da Tigela Açaí de Guarabira

 



Enquanto as pessoas e autoridades se dividem em opiniões sobre o que deve e o que não deve funcionar neste período em que os casos de Coronavírus aumentam com uma velocidade avassaladora em todo o país, a pandemia continua ceifando vidas e destruindo famílias na cidade de Guarabira, Rainha do Brejo paraibano. Nesta terça-feira (16) o comércio guarabirense voltou a estar de luto com a morte de mais um comerciante da cidade. José Luís era proprietário da açaiteria Tigela Açaí, localizada na Avenida Dom Pedro II, no Centro de Guarabira.

De acordo com informações de pessoas próximas à família, há cerca de 10 dias, o avô de José Luís, foi infectado pelo Coronavírus e precisou ficar internado, vindo a falecer no último domingo. Neste mesmo período, o comerciante também foi positivado e precisou ser internado por conta de complicações causadas pela doença. Nesta terça ele não resistiu e acabou falecendo.

A notícia foi recebida com muita surpresa por amigos e clientes. Comerciantes e empresários também ficaram chocados com a morte de José Luís.

O comerciante tinha aproximadamente 47 anos de idade, era casado e havia comprado a Tigela Açaí há cerca de três meses.

Mesmo sem poder ter certeza que foi trabalhando que o comerciante foi infectado pela doença, o falecimento dele acendeu um alerta entre os colegas do comercio no que diz respeito aos cuidados que devem ser tomados dentro dos estabelecimentos comerciais e isto deve fazer com que as medidas protetivas se tornem ainda mais seguidas à risca por todos.

O corpo do comerciante já foi sepultado e não pode ser velado pelos familiares e amigos.




Da redação com  folhadobrejo

Sem comentários: