Oposição de GBA planeja encontro para tratar de 'discurso', apoio político e espaços no Governo

 

Em relação ao encontro, nenhuma das lideranças dos três grupos de oposição confirmou publicamente a data e o local da reunião

Teotônio, Raniery Paulino e Célio Alves (Foto: Edição/F@F)
As lideranças que integram os grupos da oposição de Guarabira estariam, conforme se comenta nos bastidores da político local, planejando um encontro para tratar das estratégias de atuação em relação aos governos federal, municipal e estadual. A reunião também teria o objetivo de entendimentos em torno de espaços no Governo do Estado.

O grupo do do MDB recebeu o apoio do governador João Azevêdo e do Cidadania local na campanha de prefeito em Guarabira. No caso do advogado Antonio Teotônio, que disputou a eleição pelo PDT, mesmo sem ter sido apoiado pelo atual ocupante do Palácio da Redenção, até agora não falou em rompimento com o chefe do executivo estadual.

A reunião, segundo fontes, deverá acontecer nos próximos dias ou depois do carnaval. Não há data marcada em virtude das agendas das lideranças que representam os grupos políticos de oposição. Neste primeiro encontro haverá a participação apenas dos principais líderes.

O MDB será representado pelo ex-governador Roberto Paulino e o deputado Raniery. O Cidadania terá como representante o presidente municipal do partido, o advogado Célio Alves. No caso do PDT, o advogado Antonio Teotônio e o vereador Marcelo Bandeira devem representar a legenda no encontro.

Depois da primeira, uma outra reunião haverá de acontecer com os noves vereadores eleitos pelo grupo de oposição, a exemplo de Rosane Emídio, Josa da Padaria, Nal Fernandes, o próprio Marcelo Bandeira, Zé do Empenho, Saulo de Biu, Ramon Menezes, Gerson do Gesso e Renato Meireles.

Neste segundo encontro, outras lideranças dos três grupos partidários também participarão das conversações. A meta é também começar as discussões em torno do projeto de reeleição do governador João Azevêdo, que já sinalizou interesse em disputar o Governo do Estado em 2022.

Em relação ao encontro, nenhuma das lideranças dos três grupos de oposição confirmou publicamente a data e o local da reunião.


Da Redação Fato a Fato 

Sem comentários: