Imagens fortes: polícia investiga agressão de três homens contra arquiteta

 

Sheila Richa, de 30 anos, publicou fotos de seu rosto após a confusão, que teria acontecido em uma lancha no primeiro dia do ano

Rosto da vítima com hematomas (Foto: Reprodução)
A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga uma agressão sofrida pela arquiteta Sheila Richa, de 30 anos, durante uma discussão dentro de uma lancha em Angra dos Reis. O caso aconteceu no primeiro dia do ano e, segundo o boletim de ocorrência registrado pela vítima na 166ª DP, ela foi agredida com socos e pontapés por três homens.

Além de Sheila, seu marido, Lucas Castro, e sua irmã, Rachel Richa, também foram agredidos pelo mesmo trio ao tentarem interromper a confusão, segundo o relato da vítima. A briga teria iniciado após uma provocação da namorada de um dos três suspeitos, que estava em outra lancha.

Sheila não gostou da provocação e retrucou verbalmente. Em seguida, o namorado da mulher teria atirado um copo contra a arquiteta e depois partido para a agressão com os outros dois suspeitos. Segundo o registro, dois dos agressores seriam irmãos.

Vilson Almeida, delegado titular da distrital, afirma que as vítimas foram ouvidas e encaminhadas ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito. Os investigadores vão ouvir os supostos agressores, já identificados pelos agentes, e as testemunhas que estavam presentes na confusão.

Nas redes sociais, a arquiteta compartilhou imagens que mostram hematomas no seu rosto, com um pedido de justiça.



Do Metrópoles

Sem comentários: