Morre, aos 74 anos, o prefeito de Guarabira Zenóbio Toscano

Morreu neste domingo (14), aos 74 anos, o prefeito de Guarabira, Zenobio Toscano (PSDB).
Ele estava internado em um hospital particular de João Pessoa desde o dia 6 de junho após contrair o Coronavírus, quando sofreu um AVC hemorrágico na noite deste sábado (13).
Em maio do ano passado, Zenobio sofreu um AVC e vinha se recuperando afastado da Prefeitura de Guarabira.
Zenóbio é o terceiro político paraibano a morrer durante o periodo de pandemia do novo coronavirus. No mês passado, Wilson Braga e Lúcia Braga faleceram em decorrência da Covid-19.
Carreira política
Zenóbio começou sua vida pública sendo prefeito de Guarabira. Em 15 de novembro de 1982 foi eleito com 50,44% dos votos válidos, na disputa ao lado de Jáder Pimentel (PDS), que obteve 49,09% e Ademir Leal (PT) com 0,47%.
Em 1990 concorre pela primeira vez a deputado estadual na Paraíba pelo PMDB, conseguindo a expressiva votação de 14.936 votos, sendo o oitavo mais votado do pleito.
Em 3 de outubro de 1994 é eleito mais uma vez deputado estadual mais votado com 34.837 sufrágios.
Em 4 de outubro de 1998 Zenóbio conquista mais uma vez uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado. O pleito foi marcado por uma grande polemica: em 27 de abril de 1999 foi realizada a recontagem dos votos de Deputado Federal e Deputado Estadual nos municipios que integram a 10ª Zona Eleitoral: Guarabira, Cuitegi (hoje não integra mais), Pilõezinhos e Araçagi. Apesar da recontagem e da anulação de alguns votos, Zenóbio não perdeu a vaga.
Em 2001, Zenóbio deixa o PMDB e filia-se ao PSDB.
Em 6 de outubro de 2002 é eleito para seu quarto mandato como deputado estadual na Paraíba.
Em 2006, com 38.265 votos é mais uma vez o recordista do pleito para deputado estadual. Foi a última vez que Zenóbio disputou o cargo.
Prefeito de Guarabira
Em 7 de outubro de 2012 foi eleito prefeito de Guarabira para o mandato de 2013 a 2016 com 16 mil votos.
Em 2 de outubro de 2016 foi reeleito prefeito de Guarabira para o mandato de 2017 a 2020 com 15.609 votos, derrotando novamente seu adversário de 2012, Josa da Padaria, que concorria pelo PSB, e a ex-prefeita do municipio Fátima Paulino, do PMDB.


Da redação com blogdocacabarbosa



Sem comentários: