Lei proposta por Michel prevê suspensão de pagamento de consignados

Começou a tramitar nesta terça-feira (26), o projeto de lei nº 29/2020, de autoria do vereador Michel do Empenho (PDT), que prevê a suspensão das cobranças dos empréstimos consignados, contraídos pelos servidores públicos municipais, durante o período de 90 dias.
O vereador esclareceu que a iniciativa da legislação é baseada nas dificuldades dos funcionários em honrar o pagamento das parcelas, em razão da elevação das contas fixas, como consequência da pandemia do novo coronavírus.
"Tenho recebido relatos de muitos funcionários dizendo que o orçamento da casa sofreu impacto por causa de aumento de contas como água e energia e a própria alimentação das famílias. Como as pessoas estão em casa aumento o consumo e a suspensão temporária do pagamento das parcelas de quem tem empréstimo servirá justamente para utilizar esse dinheiro e cobrir despesas esses gastas que aumentaram", argumentou o parlamentar.
Michel disse ainda aguardar que os vereadores compreendam que a proposta não é deixar de pagar os empréstimos, mas suspender por enquanto, até que os efeitos da crise sanitária sejam atenuados.

A matéria foi apresentada na sessão e encaminhada pelo presidente para as comissões temáticas, a fim de que possam apresentar parecer pela admissibilidade ou não.



Ascom CMG 

Sem comentários: