Em Campina Grande CDL recorre à Justiça para reabrir comércio local

Em Campina Grande,  (CDL)  Câmara dos Dirigentes Lojistas entra na justiça, com uma ação civil pública contra o Município  para garantir a autorização do funcionamento das lojas de serviços considerados não essenciais. Segundo a CDL, “não há decreto municipal que determine o fechamento do comércio”. A ação foi protocolada na tarde da última segunda-feira (20) na Segunda Vara da Fazenda Pública.


Na cidade de Campina Grande a segunda maior cidade do estado, está fechado desde o dia 20 de março por meio de decreto, devido à pandemia do novo coronavírus. Romero Rodrigues, prefeito de CG sinalizou uma possível de reabertura do comercio. 


O fato de o prefeito Romero não ter renovado os termos do decreto anterior, prevalece a possibilidade da abertura do comércio  tese apresentada pela assessoria jurídica da CDL. como se trata de uma questão local, prevalece a decisão do gestor municipal em detrimento ao decreto divulgado pelo Governo do Estado.





Da redação Marcos Andrade 

Sem comentários: