Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

NA VÉSPERA DE JOÃO EM GUARABIRA, SECRETÁRIO E PRESIDENTE DO PSB LOCAL VOLTA A ATACAR PRESIDENTE DA CÂMARA DE GUARABIRA QUE É DO PSB.

Redundância? Talvez, mas é público e notório que o jardim Girassol vive um incêndio difícil de ser apagado. Esse novo capítulo da novela dos Girassóis, como diz o Vereador Tiago do Mutirão, mostra que não há extintor de incêndio capaz de apagar o fogo no parquinho do PSB.
O Secretário Executivo do Orçamento Democrático, Célio Alves, não poupou críticas ao Vereador Marcelo Bandeira, onde disse na quarta-feira, que a mercadoria ruim de ser vendida era MB, porém, Célio esqueceu de dizer que Marcelo teve mais votos que Renato que teve o apoio de todo o aparato estadual, inclusive o Empreender Paraíba, o qual o outros candidatos do Jardim não viram nem o laranja dos cheques do programa governamental.
Em duas entrevistas seguidas, Célio abriu fogo contra tudo e contra todos. Mas, reservou espaço especial para o Vereador Presidente da Câmara, que é do mesmo partido do Secretário. No ápice de sua fala, Alves disse que se fosse ele, já teria saído do Partido e que não considera o Vereador Marcelo Bandeira como filiado ao partido.
Ora, o Secretário nem respeitou a vinda de João Azevedo para Guarabira, colocou mais fogo no palco onde o Governador vai pisar. E lá de cima do palco os telespectadores poderão ver o incêndio mais forte que nunca, de um lado Célio Alves, os Meireles e sua tropa de choque ou como ficou conhecida em Guarabira, a turma do Contracheque, do outro, Marcelo Bandeira e todos os seus eleitores que tem pouco espaço no estado, mas que apoiam João Azevedo.
Pelo que me parece, o Governador vai ter que trocar de nome, em vez de João, vai se chamar Bombeiro.



Da redação Marcos Andrade 





Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.