Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Em Guarabira, acusado de matar ex é condenado a 24 anos de prisão.

O conselho de sentença do tribunal do júri da comarca de Guarabira, reunido nesta quarta-feira (29), condenou o assassino Evandir Moura da Silva, de 49 anos, que matou a ex-esposa, a doméstica Laurinda de Sousa Pereira, de 46 anos, com 21 golpes de faca pelo corpo.

O crime aconteceu no sítio Tananduba, zona rural de Guarabira, no dia 12 de setembro do ano passado. A crueldade com que ele matou a mulher chocou a população de Guarabira.
Evandir foi condenado a cumprir pena de 24 anos de reclusão em regime fechado, enquadrado na lei de feminicídio triplamente qualificado, com o agravante de motivo torpe e sem oferecer chances de defesa à vítima.

Durante interrogatório no tribunal do júri, o homem foi perguntado pelos motivos de ter assassinado a ex-companheira e preferiu se manter em silencia, perante os jurados, juíza que presidia o júri, advogado de defesa (defensor público) e promotor.
“O que eu tinha de falar já disse numa entrevista quando fui preso. Vou cumprir minha pena e pronto”, disse Evandir.
O caso:
Testemunhas disseram que o homem, que havia se separado há 5 meses, fez uma tocaia para esperar o filho sair de casa e chegou empurrando a moto, para não fazer barulho. Ele invadiu a casa, atacou a mulher a golpes de faca até a morte.
O criminoso, depois de matar Laurinda, fugiu numa moto com a faca ensanguentada, presa entre os dentes. Ele foi preso na zona rural de Araçagi, onde estava escondido, no sítio Piabas, e não apresentou resistência.

Jota Alves

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.