Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Projeto social com adolescentes de Guarabira conta com o apoio da prefeitura Municipal e secretaria de esportes local.




 Projeto  aluno  na escola e pé  na bola:  Que tem a frente os professores  Severino Tavares , José Airlton, Cícero Eduardo e Maria Lúcia


O referido projeto tem como perspectiva e dar continuidade a Escolinha de Futebol “FORMANDO CIDADÃOS E ATLETAS PARA O FUTURO”,


O referido projeto tem como perspectiva e dar continuidade a Escolinha de Futebol “FORMANDO CIDADÃOS E ATLETAS PARA O FUTURO”, sediado no
STAVARES  GBA
Objetivo
OBJETIVOS GERAIS

Oferecer oportunidade da aprendizagem dos fundamentos do futebol, contribuindo para o desenvolvimento psico-físico-social de crianças e adolescentes da Comunidade e região, através da prática de futebol no âmbito de forma orientada e com acompanhamento técnico.
. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

► Influenciar na formação do cidadão de maneira positiva buscando a inclusão social através de iniciativas e ações técnico – didáticos pedagógicos voltados ao equilíbrio dos processos de interação social cooperativa e competitiva de forma consciente e
reflexiva.
►Utilizar o esporte como mecanismo maior para desenvolvimento psico-físico-social da criança em questão, de maneira saudável, orientado com acompanhamento técnico.
► Realizar o intercâmbio social e a solidariedade através do futebol;
►Promover a aprendizagem em grupos;
►Proporcionar oportunidade à participação em eventos esportivos e culturais como, torneios e campeonatos;
► Incentivar o futebol como atividade alternativa às drogas e tempos ociosos, estimulando à vida saudável e prevenção às doenças;
►Combater a evasão escolar e a repetência;
►Desenvolver a prática regular de atividades físicas, gerando mais saúde, equilíbrio psicológico, físico e motor;
► Estimular o trabalho em grupo e a convivência comunitária;
► Descobrir novos talentos, possibilitando um ponto de partida para uma possível ascensão social.
Onde vai acontecer
PB : REGIÃO
Guarabira.

Juarez Távora 
Gurinhém
Itapororoca
Data de realização
Não definida
Público
Compreendido entre 09 e 17 anos, que contemplará as seguintes categorias, segundo a BID/ CBF nº09/91: mirim ou sub-13 (09 a 12 anos), infantil ou sub-15 (13 a 14 anos) e juvenil ou sub-17
(15 a 17).
Descrição
 METODOLOGIA

 DAS CONDIÇÕES DE INGRESSO

A participação do aluno estará condicionada a matrícula e frequência escolar em torno de 80%, através da apresentação de declaração comprobatória expedida pela escola;
Acompanhamento das médias escolares (trimestralmente), que deverá ser no mínimo média 6.0 (seis);

DAS ATIVIDADES

Será empregada uma metodologia baseada no trabalho voltado a doutrina de treinamento específico de futebol, onde os treinadores que farão parte do presente projeto sejam capacitados
(conhecimento técnico).

6.PÚBLICO ALVO/ FUNCIONAMENTO

FAIXA ETÁRIA

Compreendido entre 09 e 17 anos, que contemplará as seguintes categorias, segundo a BID/ CBF nº09/91: mirim ou sub-13 (09 a 12 anos), infantil ou sub-15 (13 a 14 anos) e juvenil ou sub-17
(15 a 17).

ESPECIFICIDADE DO PÚBLICO

Participará todo público externo (comunidades circunvizinhas do
distrito); desde que atendam o item 5.1 deste projeto.

DAS TURMAS / DIAS E HORÁRIOS
As turmas serão compostas por
30 (trinta) alunos, tendo 02 (dois) encontros por semana; nos turnos matutinos ou vespertinos, ficando a cargo de negociação entre as partes.

 EQUIPE DE TRABALHO

 DA COORDENAÇÃO

A Coordenação do projeto e seleção da equipe de treinamento ficará a cargo da STAVARES  GBA , inclusive quando o projeto se estender para outros Municípios. A distribuição será de acordo com as funções;

FUNÇÃO
CARGO
QUANTIDADE
Supervisão geral
Voluntário
01
Coordenação Geral do Núcleo
Voluntário
01
Coordenação Executiva
Voluntário (Associado ou não)
02
Monitor
Remunerado (Aprovado pela STAVARES  GBA
01

A Coordenação Geral ficará incumbida de fiscalizar as ações administrativas, logísticas e pedagógicas dos alunos;
A Coordenação Executiva ficará incumbida de gerenciar os monitores e acompanhamento dos alunos;
O Monitor será o facilitador dos alunos, onde irá interagir e aplicar a metodologia do projeto.

7.2 DO MONITOR

O Monitor será selecionado pelos Coordenadores do projeto e adotará os seguintes critérios:
►Aptidão para ministrar aulas e lidar com o público alvo deste projeto;
►Preparo técnico profissional nas atividades para desempenhar tal função;
►Não participação em outro projeto social;
►Estar no mínimo no comportamento bom;




 DA REMUNERAÇÃO

As aulas ministradas serão remuneradas pela gratificação no projeto. O valor da carga horária prestada equivale no acordo com STAVARES   GBA  e o monitor.
Quero



A prefeitura Municipal de Guarabira visando valorizar o projeto, entra com  espaço  físico  e material  para os treinamento, e   ainda com assistência  médico para todos



             Veja fotos do projeto em atividade 















   Confira o vídeo 










Assessoria de imprensa  


Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.