Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Presidente Bolsonaro quer 'Lava Jato da Educação'

Os ministros da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, e da Advocacia-Geral da União, André Mendonça, assinam protocolo de intenções por investigações no MEC (Foto: Luis Fontes / MEC). 
O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 6ª feira (15.fev.2019) que o governo dará “início à Lava Jato da Educação”.

“Muito além de investir, devemos garantir que investimentos sejam bem aplicados e gerem resultados. Partindo dessa determinação, o Ministro Professor @ricardovelezapurou vários indícios de corrupção no âmbito do MEC em gestões passadas. Daremos início à Lava Jato da Educação!”, escreveu Bolsonaro em seu perfil no Twitter.

Um acordo formal foi selado numa reunião entre os ministros Ricardo Vélez Rodrígues (Educação), Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), Wagner Rosário (Transparência e Controladoria Geral da União) e André Mendonça (advogado geral da União), com a presença do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

O termo já tinha sido usado por Vélez na 5ª feira (14.fev), durante a assinatura do protocolo de intenções. O ministério não detalhou quais seriam as irregularidades.

As ações de Educação na Bolsa brasileira reagiram ao tweet de Bolsonaro. Kroton ON (-6,21%) e Estácio (-5,20%) lideraram as baixas.

Poder360

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.