Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Gás vaza no interior da Guaraves e funcionários são atendidos na UPA; Veja vídeo

De acordo com testemunhas, o cheiro forte, praticamente insuportável, causa irritação e sufoca quem inala o gás


No começo da tarde desta sexta-feira (30), funcionários do abatedouro da Guaraves Alimentos tiveram que ser evacuados às pressas por causa de vazamento de gás amônia, utilizado para as câmeras de refrigeração. Funcionários saíram correndo e foi causado um princípio de pânico.
De acordo com testemunhas, o cheiro forte, praticamente insuportável, causa irritação e sufoca quem inala o gás. Os funcionários foram sendo levados por ambulâncias do SAMU para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA – de Guarabira para atendimento médico.
A utilização em grande escala da Amônia nos sistemas de refrigeração nas empresas de alimentação tem gerado grande preocupação para os profissionais de segurança do trabalho que atuam neste segmento.
As grandes falhas das instalações de refrigeração utilizando amônia, na maioria das empresas, começam na fase dos projetos de engenharia e as principais consequências são custos de correção e controle elevados.
Atualmente a Amônia é muito utilizada por possuir as principais características desejáveis para um agente refrigerante. No caso da Guaraves, é fundamental a refrigeração para manter os produtos, cortes de frango e embutidos de frango em condições de acondicionamento e distribuição.
O gás é um irritante poderoso das vias respiratórias, olhos e pele. Dependendo do tempo e do nível de exposição podem ocorrer efeitos que vão de irritações leves a severas lesões corporais. A inalação pode causar dificuldades respiratórias, broncoespasmo, queimadura da mucosa nasal, faringe e laringe, dor no peito e edema pulmonar.
Veja vídeo



Do Portal25Horas

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.