Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Veículos terão placas no padrão Mercosul a partir de dezembro, STTrans esclarece

No ultimo dia 11 de setembro, no Brasil iniciou oficialmente a adoção da placa “Padrão Mercosul”, o Rio de Janeiro será o primeiro estado no Brasil a disponibilizar as placas, unificando para o modelo já utilizado na Argentina e no Uruguai, o que facilitará a circulação e ampliará a segurança. A previsão é que todos os Estados adotem o novo modelo até 01 de dezembro.


É OBRIGATÓRIO A MUDANÇA?
A STTrans (Superintendência de Transito e Transportes) do Município de Guarabira tem recebido diversos questionamentos sobre a obrigatoriedade da adoção do novo modelo e esclarece a população que de acordo com as resoluções 729 e 733 do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). A troca não será obrigatória para todos os veículos.
A placa do Mercosul só será obrigatória para carros novos, transferidos de município ou de proprietário, e em outras situações que exigem a troca de placas, como a danificação da mesma.

Novo modelo – Segundo informações dos órgãos que atualmente credenciam as empresas fabricantes/estampadoras, não há um tabelamento nos preços das placas veiculares, e o próprio mercado que regula os valores por meio da livre concorrência. No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, a nova placa terá o mesmo preço da placa antiga.
Além do QR Code, outro item de segurança da nova placa é a marca d´água com o nome do país e do Mercosul, que evita a falsificação e praticamente impossibilita a clonagem, e estará grafada na diagonal ao longo das placas. No Brasil, a placa terá uma tira holográfica do lado esquerdo e um código bidimensional que conterá a identificação do fabricante, a data de fabricação e o número serial da placa.
O modelo segue o padrão definido para o Mercosul. Ocorre que o país tem uma particularidade que os demais países partes do bloco comercial não têm: a frota registrada é de 97 milhões de veículos, que corresponde a mais de 80% de todos os veículos do Bloco. Somos divididos em UF e municípios.


Da redação com codecom 



Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.