Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Saiba quem são prováveis candidatos a prefeito de Cabedelo

renúncia do prefeito afastado de Cabedelo, Leto Viana, nessa terça-feira (16), pegou de surpresa a classe política e a população da cidade. Desde que o ex-gestor anunciou o seu afastamento em definitivo há uma grande movimento nos bastidores políticos do município. Nomes como o do atual prefeito Vitor Hugo, o do deputado Trócolli Júnior, o também deputado Artur Filho, a presidente da Câmara Municipal, Geusa Ribeiro, a ex-candidata a prefeita, Eneide Régis, o do presidente do PSB municipal, Sales Dantas e o ex-vereador Marcos Patrício surgem como prováveis candidatos.
O prefeito interino Vítor Hugo já se manifestou publicamente após a renúncia de Leto e garantiu que pretende disputar o pleito. Ele assumiu o comando da prefeitura após a deflagração da Operação Xeque-Mate, em abril deste ano. O então prefeito Leto, o vice-prefeito, e demais vereadores foram afastados sob suspeita de integrarem um suposto esquema responsável pelo desvio de recursos dos cofres públicos municipais.

Outros nomes na disputa

A atual presidente da Câmara Municipal, Geusa Ribeiro, descartou a possibilidade de disputar, mas nos bastidores acredita-se que a decisão pode ser revertida.
Em contato com o Portal Correio, o deputado Artur Filho afirmou que não tem nenhuma pretensão e que participará do pleito apenas como eleitor comum. O parlamentar já ocupou o cargo de vereador e tem atuação política na cidade.
Nesta quarta-feira (17), o PSOL de Cabedelo lançou o ex-vereador Marcos Patrício como opção do partido para a disputa. A decisão foi anunciada através de nota à imprensa.
A reportagem tentou contato com o deputado Trócolli Júnior, Eneide Régis e Sales Dantas, mas não teve as ligações atendidas até o fechamento desta matéria.
Após a renúncia de Leto Viana, o TRE deverá realizar novas eleições na cidade no prazo de até 90 dias.

Juiz comunica ao TRE

O juiz Antônio Silveira Neto, da 57ª Zona Eleitoral de Cabedelo, recebeu nessa quarta-feira (17) o comunicado oficial da renuncia de Leto Viana pela Câmara Municipal, as respectivas vacâncias dos cargos de prefeito e vice-prefeito do município, e pedido de realização de eleições suplementares na cidade portuária.
Assim que recebeu a documentação encaminhada pela presidente da Câmara, Geusa Ribeiro Dornelas (PRP), o magistrado encaminhou o requerimento de eleições suplementares para o TRE-PB, a quem caberá todas as deliberações sobre o processo eleitoral, que deve ocorrer até fevereiro, por meio de resolução específica, contendo as regras e o calendário eleitoral.
“O pedido será despachado para um relator, depois que ele formular seu relatório, contendo a minuta da resolução que será submetida a Corte Eleitoral, contendo a data da eleição, definição do inicio do prazo para as convenções partidárias que escolherão os candidatos e início da propaganda eleitoral e demais prazos. É o mesmo procedimento de uma eleição normal”, comentou.
O magistrado acredita que a eleição deve acontecer até fevereiro de 2019, em razão da obediência aos prazos. “Provavelmente não estarei aqui porque minha atuação se encerra em janeiro”, comentou.

TJ escolhe duas listas

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba, na tarde dessa quarta-feira (17) indicou duas listas tríplices para preenchimento de duas vagas de membro substituto, na categoria de Jurista, do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).
As vagas serão preenchidas no dia 19 de janeiro de 2019, com os términos dos biênios dos advogados Márcio Maranhão Brasilino da Silva e Aécio de Souza Melo Filho. Conforme Edital nº 01/2018, relativo à vaga do advogado Márcio Maranhão Brasilino da Silva, foram indicados para compor a lista os advogados Glauber de Lucena Cordeiro (14 votos), Helionora de Araújo Abiahy (13) e Silvino Crisanto Monteiro (8).
No Edital nº 02/2018, cuja vaga a ser preenchida é a de Aécio de Souza Melo Filho, integraram a lista Helionora de Araújo Abiahy (13), Aécio de Souza Melo Filho (11) e Glauber de Lucena Cordeiro (10).
O processo de composição ocorreu com base no pedido feito pelo presidente da Corte eleitoral paraibana, desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, por meio do Ofício nº 1791/2018, solicitando a indicação de lista tríplice, a teor do artigo 4º, II, do Regimento Interno do TRE-PB; e na forma do disposto no artigo 120, § 1º, III; e 121, §2º, da Constituição Federal.


Com Portal Correio 


Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.