Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Mais de 7,7 mil pacientes faltam a consultas no HU CG

Entre janeiro e junho deste ano, 7.731 pacientes marcaram consulta no Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), mas não compareceram na data agendada, tirando a oportunidade de alguém que espera na fila para ser atendido. O absenteísmo dos usuários, nesses seis meses, é superior à média mensal de consultas realizadas no hospital universitário.
Os números foram fornecidos pela Divisão de Registro Hospitalar do HUAC, que é vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). As consultas estavam marcadas para o Centro de Assistência Especializada de Saúde e Ensino (Caese).
Segundo o superintendente do HUAC, professor Homero Rodrigues, em torno de 20% dos pacientes deixam de comparecer ao agendamento. “O paciente, muitas vezes, agenda e não comparece e isso prejudica também aquele que está necessitando, porque outro ocupou a vez”, comentou. Ele destacou que a ausência dos pacientes à consulta agendada causa transtornos assistenciais e administrativos.
A média de consultas no HUAC, conforme o superintendente da instituição, está em torno de 7 mil/mês, mas esse número deve aumentar para um patamar médio de 12 mil consultas, visto que foram contratados novos profissionais, possibilitando a ampliação da oferta.
Homero Rodrigues também comentou sobre a variação na quantidade de consultas realizadas na instituição, devido a férias, festejos juninos e festividades de fim de ano. “Em janeiro, por exemplo, o volume de consultas cai bastante, por vários motivos. São as férias de alguns profissionais e pacientes que não solicitam consultas”, comentou.

Da redação com portal Correio 


Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.