Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Espaços públicos de Guarabira recebem pinturas rústicas e cidade se transforma na capital brasileira da arte Naif

A Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Guarabira iniciou nesta segunda-feira (16) os trabalhos de revitalização nos espaços públicos com obras de arte. A iniciativa visa contemplar a parceria entre a gestão municipal e os artistas plásticos locais na propagação de obras de pinturas naif e xilogravura, respectivamente, colorindo alguns pontos e dando vida aos espaços públicos da cidade. Quem passa pelos locais já pintados, elogia as obras, os artistas e a administração do município.

A ação deu início na ponte localizada na Avenida Osmar de Aquino, no Centro. Da mesma forma, outras pontes também receberão esta intervenção artística, tal como o Beco de Candeia, conforme adiantou o prefeito Zenóbio Toscano nas suas recentes entrevistas.

A cidade vai ficando com o título de a "Capital Brasileira da Arte Naif", devido à variedade de artistas que enveredam nessa área cultural, com nomes consagrados nacional e internacionalmente. E, após a recente realização do I FIAN – Festival Internacional de Arte Naif de Guarabira, com uma megaexposição de telas em naif, os olhos do Brasil e do mundo se voltaram ainda mais para a terra de todos os guarabirenses, vendo-a como berço cultural desta importante maneira de se expressar através da pintura agreste. 


O Naif em Guarabira se confunde com as obras literárias de Cordel e podem ambas caminharem juntas nesse aspecto, sabendo-se que na cidade encontra-se, historicamente, um celeiro de artistas, tanto em saudosa memória, quanto em vida – transformando a mesma em um complexo cultural, no que se refere ao universo destas duas importantes obras. Por isso, os guarabirenses contam com o museu da arte Naif (no Casarão da Cultura José Barbosa da Silva) e com o memorial do Cordel José Camelo de Melo; ambos implantados desde a gestão anterior do prefeito Zenóbio, no ‘coração’ da cidade. 

Além da Galeria de Arte Antônio Sobreira, que afora as rotineiras exposições de artes realizadas naquele equipamento cultural, também funciona como uma escola de pintura em tela. Incentivando o aprendiz e o artista plástico guarabirense e da região.

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo Percinaldo Toscano, Guarabira tornou-se referência na arte Naif, inclusive após o fechamento do museu dessa categoria de obra, no Rio de janeiro, de onde será doado algumas telas para a Cultura guarabirense.


Codecom 


Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.