Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Morre as 52 anos o deputado federal Paraibano Rômulo Gouveia

 Na madrugada deste domingo (13) a Paraiba foi surpreendida com a noticia da morte,  do deputado federal e presidente do PSD da Paraíba, Rômulo Gouveia. Gouveia foi vítima de um infarto fulminante na Cidade de Campina Grande.

De acordo com informações,  o Deputado seguia se tratando de uma infecção urinária há uma semana. Durante a madrugada sentiu-se mal e teria sido levado às pressas ao Hospital Santa Clara, aonde deu entrada com quadro agravado, momentos depois veio a óbito.

Rômulo  também foi vice-governador no período 2010/2014 na primeira eleição do governador, Ricardo Coutinho.

Trajetória Política de Gouveia.

Em 1992, se elegeu vereador em Campina Grande, reelegendo-se em 1996.

Em 1998, se elegeu deputado estadual, reelegendo-se em 2002 e sendo o presidente da Assembleia Legislativa entre os anos de 2003 e 2007.

Em 2004, perdeu a eleição para a prefeitura de Campina Grande para o então vereador Veneziano Vital do Rêgo com uma diferença de 791 votos. Número muito pequeno levando em consideração os 247.231 eleitores que a cidade possui. Assim, Veneziano Vital foi eleito com 50,19% e Rômulo Gouveia perdeu com 49,81% dos votos válidos.

Em 2006, se elege para uma vaga de deputado federal, sendo o terceiro mais votado em toda a Paraíba

Em 2008, disputa novamente a prefeitura de Campina Grande, mas é mais uma vez derrotado pelo prefeito Veneziano Vital do Rêgo por uma diferença de 6.879 votos. Assim, Veneziano ganhou com 51,52% dos votos e Rômulo perdeu com 48,48% dos votos válidos.

Em 2010, é eleito vice-governador da Paraíba na chapa comandada pelo ex-prefeito de João Pessoa Ricardo Coutinho numa aliança entre PSB/PSDB.

Em 2014 rompe politicamente com o governador Ricardo Coutinho pelo fato de ter sido rifado e preterido na disputa pela vaga de senador na chapa majoritária e elege-se novamente ao cargo de deputado federal na coligação A Vontade do Povo junto com o PSDB, sendo assim eleito o 9º mais votado em todo o estado, assim retorna ao seu grupo político de origem que é capitaneado pelo então senador e candidato ao governo da Paraíba Cássio Cunha Lima.

Foi reeleito deputado federal em 2014, para a 55.ª legislatura (2015-2019), pelo PSD. Votou a favor do Processo de impeachment de Dilma Rousseff.[3] Já durante o Governo Michel Temer, votou a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos.[3] Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista.[3] [4] Em agosto de 2017 votou contra o processo em que se pedia abertura de investigação do então presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal.




Da redação 







Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.