Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Câmara Municipal de Guarabira realizou Sessão Solene comemorativa ao centenário do ex-governador paraibano, Ivan Bichara Sobreira.

Nesta terça-feira, 29 de maio, a Câmara Municipal de Guarabira realizou uma Sessão Solene comemorativa ao centenário de nascimento do ex-governador paraibano, Ivan Bichara Sobreira. De propositura do vereador Júnior Ferreira (PSDB), a Casa de Osório de Aquino celebrou o centenário com a participação de amigos, familiares e políticos admiradores do ex-governador.

IVAN BICHARA SOBREIRA
Nascido em Cajazeiras (PB) no dia 24 de maio de 1918, filho de João Gergis Bichara e de Gilda Sobreira Bichara. Fez seus estudos iniciais no Colégio Diocesano de Cajazeiras e no Colégio Estadual da Cidade da Paraíba, hoje João Pessoa. De 1936 a 1940 escreveu no jornal A Imprensa e, em 1944, tornou-se funcionário do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Industriários (IAPI). No ano seguinte formou-se pela Faculdade de Direito de Recife, onde havia participado de atividades contra o Estado Novo (1937-1945).
Após o fim do Estado Novo (29/10/1945) e com a redemocratização do país, elegeu-se, em janeiro de 1947, deputado à Assembléia Constituinte da Paraíba, na legenda da União Democrática Nacional (UDN). Com a promulgação da nova Carta estadual, na legislatura ordinária tornou-se líder do governo Osvaldo Trigueiro (1947-1950) na Assembléia Legislativa. Em outubro de 1950 reelegeu-se deputado estadual, nesta oportunidade na legenda da Coligação Democrática Paraibana, formada pelo Partido Social Democrático (PSD) e pelo Partido Libertador (PL). Em 1951, no início da legislatura, foi eleito presidente da Assembléia para o biênio 1951-1952 e, no ano seguinte, passou a líder do governo José Américo de Almeida (1951-1956) nessa casa. Paralelamente, foi também diretor do jornal O Norte de 1951 a 1955.
Em outubro de 1954 elegeu-se deputado federal pela Paraíba, novamente na legenda da Coligação Democrática Paraibana. Deixando a Assembléia Legislativa em janeiro de 1955, no mês seguinte assumiu sua cadeira na Câmara Federal. Em abril de 1957 tornou-se vice-líder do Bloco Parlamentar de Oposição, durante o governo do presidente Juscelino Kubitschek (1956-1961) e vice-líder da minoria e do PL. No pleito de outubro do ano seguinte, elegeu-se segundo-suplente de deputado federal, sempre pela Paraíba, na legenda da coligação formada pela UDN e pelo PL. Exerceu o mandato de julho a agosto de 1959, de março a agosto e de setembro a outubro de 1961 e, finalmente, de abril a maio de 1962. Em outubro desse ano concorreu mais uma vez a uma cadeira de deputado federal pela Paraíba, na legenda da UDN, obtendo novamente a segunda suplência e exercendo o mandato de junho a outubro de 1963 e de agosto a setembro de 1964.
Foi Governador da Paraíba até agosto de 1978, sendo substituído pelo vice-governador Dorgival Terceiro Neto, desincompatibilizando-se para se candidatar ao Senado por seu estado, na legenda da Arena. No pleito de novembro desse ano, obteve 39 mil votos a mais que Humberto Lucena, candidato do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição, mas não conseguiu se eleger, devido ao mecanismo de sublegenda, que deu a vitória ao seu adversário. Desde então, afastou-se da política e aposentou-se como fiscal do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).
Ivan Bichara foi ainda catedrático de direito internacional na Paraíba e membro da Associação Paraibana de Imprensa e da Academia Paraibana de Letras. Atuou como advogado na região de Guarabira e Sapé. Faleceu no Rio de Janeiro no dia 11 de junho de 1998.

Assessoria 



Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.