Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Diretor de lar para idoso em Guarabira é afastado e MP pede novas eleições de imediato

O diretor-presidente da Associação Abrigo São Vicente de Paulo, em Guarabira, José Francisco dos Santos, conhecido como Josa da Pastoral, foi afastado do cargo pelo Ministério Público, através da promotora de justiça Edivane Saraiva, que solicitou novas eleições de imediato, na entidade, a qual é voltada para amparo de pessoas idosas sem apoio familiar.

De acordo com a Dra. Edivane, em entrevista concedida ao repórter Zé Roberto da Rádio Constelação FM, o MP recebeu denúncias de populares, bem como do radiofônico Correio da Manhã, na Rádio Guarabira FM através do radialista Jean Ganso -, que Josa estaria agindo com maus tratos para com os idosos e contraindo empréstimos a partir de aposentadorias de residentes daquele abrigo.

Devido a isto a promotora moveu uma ação cautelar pedindo o afastamento do presidente, a nomeação de um interventor até o fim das investigações e, em seguida, que sejam realizadas novas eleições para instalação de uma nova diretoria. Segundo a magistrada, a ação já se encontra nas mãos do juiz da 4ª Vara. Em seguida o MP irá impetrar outra ação, desta vez, de cunho civil pública, em desfavor de Josa, com pedido de indenização para a instituição.

Para a promotora Edivane Saraiva, se comprovado for as acusações que pesam contra Josa; ele irá responder pelos crimes de estelionato, apropriação indébita e de maus tratos a pessoa idosa.

Na versão de Josa da Pastoral, ele disse a Zé Roberto, por meio de telefone, que vai provar a sua inocência, mas confirma que fez os empréstimos, que cujo mesmo, foram para serem usados na reforma da própria sede da entidade. Ele ainda disse que, após isso, também convocará a mídia para se pronunciar e dá os seus esclarecimentos.

Da redação plugados na noticia 
Com informações do Jornal da Manhã/Rádio Constelação FM

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.