Marcos Andrade

Marcos Andrade
Últimas Notícias
recent

Confira como foram as comemorações da entrada do Ano-Novo de 2018 pelo mundo

Devido à diferença de fuso horário, o Ano-Novo começou com quase um dia de antecedência do outro lado do mundo, em relação ao Brasil. Em Sydney, na Austrália, as comemorações para a chegada de 2018 tiveram fogos de artifício no porto da cidade mais populosa do país e do continente da Oceania.


Os primeiros a saudar a chegada de 2018 foram os cidadãos das nações insulanas de Kiribati e Samoa, situadas no Pacífico sul, à meia-noite local (8h de Brasília). Em seguida, entraram no dia 1º de janeiro os moradores da ilha neozelandesa de Chatham, situada 680 quilômetros ao sudeste das ilhas principais desse país; os demais habitantes da Nova Zelândia; e a população de Fiji e Tonga.
Na Coreia do Sul, o arranha-céus Lotte World Tower, de 123 andares, teve uma explosão de fogos de artifício na festa de Ano-Novo da capital Seul.
O arranha-céus Lotte World Tower, de 123 andares, teve uma explosão de fogos de artifício na festa de Ano-Novo em Seul, na Coreia do Sul
O arranha-céus Lotte World Tower, de 123 andares, teve uma explosão de fogos de artifício na festa de Ano-Novo em Seul, na Coreia do Sul.
Na China, shows animaram a entrada do ano novo.
Em Pequim, na China, um show animou a chegada de 2018 no portão Yongdingmen
Em Pequim, na China, um show animou a chegada de 2018 no portão Yongdingmen
Artistas chineses tiram selfie após apresentação em Pequim
Artistas chineses tiram selfie após apresentação em Pequim
Em Taiwan, efeitos luminosos e fogos de artifício iluminaram o edificio Taipei 101
Em Taiwan, efeitos luminosos e fogos de artifício iluminaram o edificio Taipei 101
Em Kuala Lumpur, na Malásia, as Torres Petronas ficam iluminadas e se destacam ao lado dos fogos de artifício.
Festa de Ano-Novo em Kuala Lumpur, na Malásia
Festa de Ano-Novo em Kuala Lumpur, na Malásia
Na Cidade do Cabo, na África do Sul, homens tocam gaitas de fole nas festas de Ano-Novo ao pôr do sol na praia de Scarborough. É tradição local tocar o instrumento no último dia do ano enquanto o sol se põe no ponto mais ao sul do continente africano.
Último por do sol do ano na Cidade do Cabo
Último por do sol do ano na Cidade do Cabo






EBC/EFE

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.