Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

População reclama por tanto aviso de falta d´água em Alagoa Grande. Veja nota emitida pela CAGEPA

Caixa d'água, jarra e baldes. Diante do problema constante de falta de água, moradores de Alagoa Grande se utilizam desses recipientes para armazenar água diariamente devido à interrupção do fornecimento do serviço. O que poderia ser ocasional, para hoje é rotina em todo o município. 

Para solucionar o problema da falta de água do município, o Governo do Estado inaugurou em abril de 2016, a Barragem João Bosco Carneiro, mais conhecida como Barragem de Pitombeira, localizada no município de Alagoa Grande, e com as chuvas caídas neste ano atingiu sua capacidade máxima, chegando a sangrar.

A Barragem de Pitombeira ocupa uma área de 69 hectares e tem 120 metros de comprimento, e acumula grande volume de sua capacidade total, que é de quase 3 milhões de metros cúbicos, mas como não foi feito um sistema adutor novo para abastecer Alagoa Grande, aproveitou-se o sistema de Serra Grande que é bastante antigo, ainda feito a base de amianto, elemento químico causador do câncer, não aguenta o volume de água para um total abastecimento do município, vindo constantemente a encanação estourar. Sendo assim a população não aguenta mais tantos aviso de falta de água.
Recentemente foi enviada a redação do portal Marcos Andrade através de e-mail uma nota de esclarecimento  da CAGEPA, emitida pela assessoria de comunicação da empresa, não sendo convincente com a realidade do volume de água que a barragem hoje acumula.  
Confira a nota abaixo da CAGEPA e compare com o comentários da matéria:
A CAGEPA informa aos clientes da cidade de Alagoa Grande que em razão da
estiagem prolongada e consequente esvaziamento do Riacho do Quinze – o sistema opera
com limitações – sendo necessário a instituição de rodizio do abastecimento.
Esta medida visa promover um abastecimento igualitário para toda a cidade, de modo a
atender todos os bairros, já que atualmente o sistema é alimentado, exclusivamente, pelo
manancial de Pitombeira, cuja adução é insuficiente para atender a demanda total.
Informamos ainda que a companhia está realizando testes no sistema para iniciar a
operação do abastecimento de água do distrito de Zumbi, a partir de dezembro do corrente
ano, em regime de racionamento.
Por fim, a CAGEPA informa que o abastecimento voltará a sua normalidade após a
ocorrência de chuvas e consequente contribuição do Riacho do Quinze.



Guarabira, 29 de novembro de 2017
Gerência Regional do Brejo





Da redação com 

alagoagrande1agora.




Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.