Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Operação mira construtora suspeita de fraudes de R$ 15 mi contra clientes

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (19) apura fraudes de até R$ 15 milhões cometidas por uma construtora na Capital. Cerca de 150 clientes adquiriram lote em um condomínio ofertado pela empresa. O empreendimento, no entanto, não tem obras em andamento.
De acordo com a Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa, as investigações começaram há três meses e várias vítimas foram ouvidas. “Elas apresentaram vasta documentação, indicando que um empreendimento de luxo vinha sendo negociado há mais de 5 anos, já tendo sido vendidos mais de 300 lotes no Brasil e no exterior, sem que nada fosse construído até a presente data. Há uma associação de vítimas com mais de 150 associados”, divulgou a Polícia Civil.
Um dos principais responsáveis pelo empreendimento mora na Inglaterra. Conforme a polícia, os sócios dele e administradores, que são paraibanos, passaram a apresentar diversas desculpas para o descumprimento das obrigações. Ainda assim, o empreendimento continuava a ser negociado. Até esta terça-feira, a Polícia Civil estimava que o prejuízo causado aos clientes da construtora chega a R$ 15 milhões.  As investigações mostraram que cada vítima investiu pelo menos R$ 40 mil, mas algumas pessoas chegaram a pagar mais de R$ 300 mil, confiando no empreendimento.
A Polícia Civil já conseguiu acesso a documentos, como registros de movimentações bancárias. A 1ª fase da operação, que recebeu o nome Maresia, cumpriu três mandados de busca e apreensão na sede principal da empresa e no endereço pessoal de um dos administradores. Todo o material será encaminhado para a Justiça.
 Da redação com portalcorreio

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.