Marcos Andrade

Últimas Notícias
recent

Mais de 6,7 milhões de pessoas fizeram a primeira prova do Enem neste domingo.

Neste domingo (5) foi realizada a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) mais de 6,7 milhões de pessoas reanalisam  as provas de redação, linguagens – que envolve questões de língua portuguesa e língua estrangeira – e ciências humanas – geografia história, filosofia, sociologia e conhecimentos gerais.

A prova teve inicio às 13h30, no horário de Brasília, mas os portões dos locais onde o Enem será aplicado ficaram abertos das 12h às 13h, conforme o horário oficial. 

Os candidatos tiveram cinco horas e 30 minutos para resolverem todas as 90 questões, além de elaborarem a redação. Essa última foi tema de discussões nos últimos dias por conta de uma regra do edital da prova que previa que quem desrespeitasse os direitos humanos em algum argumento da dissertação teria a redação anulada .

No entanto, essa regra foi suspensa, depois da última decisão do Supremo Tribunal Federal . O Ministério da Educação decidiu acatar e afirmou que as provas não serão zeradas . Porém, é importante ressaltar que, de acordo com os critérios de avaliação da prova, o desrespeito aos direitos humanos poderá descontar pontos na nota final.


Para ser autorizado a fazer a prova o candidato precisou estar munido da carteira de identidade original e com foto . Além disso, foi preciso  levar caneta esferográfica de tinta na cor preta para preencher o gabarito. Apenas essa coloração é lida pelo sistema de correção das questões. O material do objeto também precisa ser transparente.

Lápis, borracha, lapiseira, canetas de outra cor, calculadora, anotações, e celulares não foram permitidos durante o exame, e tiveram de ser guardados em um porta-objetos que ficou lacrado e colocado abaixo da cadeira.

Não foi obrigatória a apresentação do cartão de comprovação de inscrição , porém, o Inep recomendou que o participante levasse impresso para eventuais consultas sobre número da sala e local de prova. Aos candidatos que precisam de um comprovante de presença para justificar faltas no trabalho a impressão é fundamental, pois é neste documento que o coordenador do exame deverá assinar para que ele seja validado.

A segunda prova será aplicada no dia 12 de novembro, com questões de matemática e ciências da natureza. Este é o primeiro ano que o Enem é realizado em dois domingos consecutivos. Até o ano passado, as provas eram realizadas em um único fim de semana, sábado e domingo.

Fonte: Último Segundo - iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2017-11-05/enem-prova-67-milhoes-inscritos.html

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.